Para o período de 24 a 30 de outubro, o maior destaque em acumulado de precipitação foi o estado do Rio Grande do Sul, com regiões que chegaram a registrar, em poucos dias, cerca de metade da chuva esperada para todo o mês de outubro. As Figuras 1 e 2 indicam, respectivamente, a quantidade total de precipitação acumulada e a anomalia de precipitação nesse período.

Figura 1 | Precipitação total de 24/Out a 30/Out.
Fonte: https://www.cpc.ncep.noaa.gov/

Figura 2 | Anomalia de precipitação de 24/Out a 30/Out.
Fonte: https://www.cpc.ncep.noaa.gov/

A região do subsistema SE/CO acumulou, de forma geral, volumes menores que o esperado para o período (regiões em marrom na Figura 2). Entretanto, a ocorrência de chuvas localmente intensas contribuiu positivamente com as bacias do Rio Grande, Paraíba do Sul e Paranaíba, que apresentaram elevação de ENA Bruta a partir de 24 de outubro, como mostra o Gráfico 1.

Gráfico 1 | Evolução de ENA Bruta (%MLT) – Bacias do subsistema SE/CO de 01 a 29/Out.
Fonte: http://www.ons.org.br/