Mercado livre de energia: A importância dos submercados no comércio

Organizamos algumas informações importantes que você deve saber sobre os submercados no comércio do mercado livre de energia!

 

Para facilitar a compreensão do funcionamento do setor elétrico brasileiro, podemos compará-lo a uma grande cidade com seus bairros e avenidas.

Assim como em uma cidade cada bairro é ligado aos outros por meio de grandes avenidas, no Sistema Interligado Nacional, as regiões brasileiras são interligadas por linhas de transmissão de energia elétrica.

As regiões mencionadas são agrupadas em unidades denominadas submercados considerando restrições na transmissão de energia elétrica.

Além disso, todos os submercados são interligados entre si e, portanto, podem trocar energia uns com os outros.

Inicialmente, é importante entender o papel do Sistema Interligado Nacional. É um grande sistema composto por redes de transmissão de energia elétrica que permite o transporte de energia das usinas geradoras até os grandes centros consumidores.

Desta forma, uma hidrelétrica no Sul do país pode fornecer energia a um consumidor no Sudeste. Atualmente o Sistema Interligado Nacional é fundamental para o atendimento da demanda por energia elétrica na maior parte do território brasileiro.

 Clique aqui para conhecer nossas soluções em geração de energia elétrica.

 

O  Sistema Interligado Nacional é dividido em 4 segmentos denominados submercados:

Sudeste e Centro-Oeste (SE/CO), Sul, Nordeste e Norte. A divisão mencionada leva em consideração restrições relevantes na transmissão de energia, ou intercâmbio de energia, entre áreas do Sistema Interligado Nacional. Desta forma, áreas de diferentes regiões geográficas podem estar em um mesmo submercado. Como exemplo, é possível observar que o Acre e Rondônia pertencem ao submercado SE/CO, apesar de pertencerem à região Norte.

Vale mencionar que as limitações nos intercâmbios de energia entre os submercados pode causar diferença no Preço de Liquidação das Diferenças entre eles. Por exemplo, é possível que o limite máximo de intercâmbio de energia seja atingido de modo a impossibilitar a transmissão de toda energia de um submercado com excedente energético para outro submercado com déficit energético.

Como consequência, o Preço de Liquidação das Diferenças daquele submercado pode ser menor em comparação deste submercado. Esta diferença de Preço de Liquidação das Diferenças entre os submercados é levada em consideração no cálculo de exposições realizado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica ao término de cada mês. Desta forma, a importância do conceito de submercado na comercialização de energia torna-se evidente.

Subsmarcados do SIN

 

Características distintas de cada submercado:

  • O Norte é caracterizado pela existência de grandes usinas hidrelétricas.
  • Já o Nordeste possui boa parte da sua geração proveniente da fonte eólica e é, frequentemente, exportador de energia para o  Sistema Interligado Nacional.
  • O Sudeste é o submercado que apresenta maior carga no  Sistema Interligado Nacional e possui cerca de 70% dos reservatórios hídricos do país.
  • Enquanto o Sul é o único submercado capaz de realizar importação de energia de outros países, por exemplo, Uruguai e Argentina.

 

Migre agora para o Mercado Livre de Energia com a Witzler. Clique aqui e fale conosco.

O presente é livre!

 

Referência bibliográfica: Câmara de Comercialização de Energia Elétrica.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Gostaria de entender mais a fundo?

Conte com nosso time de profissionais com anos de experiência no mercado de energia. Entre em contato conosco e vamos conversar mais sobre esse assunto

    ENDEREÇO

    Bauru

    Av. Duque de Caxias, 11-70 Vila Altinópolis, Ed. Atlantida Tower – 1° andar, CEP: 17012-151

    São Paulo

    Rua Helena 275 , cj 92, Vila Olímpia.

    CONTATO

    Telefone: +55 (14) 3104-8200
    Email: [email protected]